Santos da igreja

Santos de nossa igreja

O Catecismo da Igreja nos ensina o seguinte no §956: “Pelo fato de os habitantes do Céu estarem unidos mais intimamente com Cristo, consolidam com mais firmeza na santidade toda a Igreja. Eles não deixam de interceder por nós junto ao Pai, apresentando os méritos que alcançaram na Terra pelo único mediador de Deus e dos homens, Cristo Jesus. Por seguinte, pela fraterna solicitude deles, a nossa fraqueza recebe o mais valioso auxílio” (LG 49).

Acesse o link: http://santo.cancaonova.com/santos/#

Nossa Senhora do Carmo


Nossa Senhora do Carmo – 16 de julho


A festa de Nossa Senhora do Carmo recorda a instituição do Santo Escapulário que a Virgem entregou a São Simão Stock, Geral dos Carmelitas, a 16 de julho de 1251, dizendo:


“Meu filho querido, recebe este Escapulário, privilégio que concedo para todos os Carmelitas, sinal de minha fraternidade, salvação nos perigos, penhor de paz e de eterna aliança.
Todo aquele que com este hábito piedosamente morrer, não sofrerá o fogo eterno, assim como os irmãos que houverem ido para o Purgatório, dali Eu os libertarei no sábado seguinte à sua morte.”


O escapulário é uma veste comum a muitas congregações religiosas mas particularmente distintiva da Ordem dos Carmelitas. Impõe-se hoje também um escapulário de formato pequeno a pessoas que não pertencem a congregações, para lhes permitir que participem das grandes Graças que a ele estão ligadas; entre outras, o privilégio sabatino.


Em sua bula chamada Sabatina, o Papa João XXII afirma que aqueles que usarem o escapulário serão depressa libertados das penas do purgatório no sábado que se seguir à sua morte.


Numa bula de 11 de fevereiro de 1.950, Pio XII convidava a “colocar em primeiro lugar, entre as devoções marianas, o escapulário que está ao alcance de todos”; entendido como veste mariana, esse é de fato um ótimo símbolo da proteção da Mãe celeste, enquanto sacramental extrai o seu valor das orações da Igreja e da confiança e amor daqueles que o usam.


A Ordem de Nossa Senhora do Carmo da Av. Rangel Pestana, 230 – São Paulo-SP, em 1994 comemorou 400 anos de sua fundação. Todos os dias 16 de cada mês às 14 horas tem Hora Santa pelas vocações sacerdotais e a seguir Santa Missa com a bênção individual do Santo Lenho e distribuição do escapulário de Nossa Senhora do Carmo.


Oração a Nossa Senhora do Carmo
Ó Santíssima Imaculada Virgem Maria, ornamento e glória do Monte Carmelo, Vós que velais tão particularmente sobre os que trazem vosso sagrado Hábito, velai também, bondosa, sobre mim, e cobri-me com o manto de Vossa maternal proteção. Fortalecei minha fraqueza com o Vosso poder, e dissipai, com a Vossa luz, as trevas do meu coração.


Aumentai em mim a fé, a esperança e a caridade. Ornai minh’alma com todas as virtudes, a fim de que ela se torne sempre mais amada de Vosso Divino Filho. Assisti-me durante a vida, consolai-me com a Vossa Amável presença na hora da morte, e apresentai-me à Santíssima Trindade, como Vosso filho e fiel servo Vosso, para que eu possa louvar-Vos eternamente no Céu.


Assim seja.


(3 Ave-Marias, 1 Glória)


Oração a Nossa Senhora do Carmo
para alcançar uma graça


Senhora do Carmo, Mãe da Família Carmelitana e Estrela do Mar, que o Santo Escapulário atraia sobre mim o Vosso olhar, seja ele o sinal de Vossa especial proteção nas dificuldades e desafios do Novo Milênio.


Virgem do Carmo, Mãe dos pobres e dos Mártires da América Latina, assim como ouvistes a súplica de Santa Teresa Benedita da Cruz e de São Simão, inclinai propício Vossos ouvidos às minhas preces e aos meus pedidos (fazer o pedido).


Rainha da Paz e Mãe dos Missionários, cobri-nos com o Vosso manto sagrado, revesti-nos com o Santo Escapulário. Graças Vos dou por me haverdes atendido.


(Ler Lc 1, 46-56; rezar 1 Ave-Maria)

Santa Clara

 


 Santa Clara – 11 de agosto


 


    Nascida em Assis, no ano de 1193, a belíssima menina de família muito rica conterrânea de São Francisco de Assis. Aos 18 anos de idade, com rara audácia Clara juntamente com Inês, sua irmã mais jovem e outras companheiras apresentaram-se em dezoito de março de 1212 na humilde Igrejinha de Santa Maria dos Anjos, aos pés do Monte sobre o qual surge Assis, onde aguardavam Francisco e seus Frades. O Santo cortou seus longos cabelos e lhe deu para vestir o grosseiro hábito de lã crua, fazendo-a pronunciar os votos de pobreza, castidade e obediência.


Mais tarde, Clara foi levada ao paupérrimo convento de São Damião, destinado as monjas da Ordem Segunda Franciscana. Era o início das Clarissas que procuravam em tudo viver o ideal franciscano da pobreza e sua dedicação foi total. Mais tarde sua mãe e suas irmãs Ortolana e Beatriz abandonaram a rica morada para ingressarem no austero convento. Para estar em consonância com o mestre pediu e obteve o “privilégio da pobreza” que a privava também da possibilidade de ter qualquer coisa de seu.
 


Quando da morte de Francisco em 1226, Clara obteve permissão que seu corpo fosse levado até a clausula para que as monjas pudessem contemplar-lhe o rosto. Mais Clara teve o privilégio de ver projetadas nas paredes da pequena cela as imagens do Santo. Por estas visões, Clara teve o título de Protetora da Televisão. Ela viveu 27 anos após a morte de São Francisco. Um enviado do Papa Inocêncio IV levou a demorada e aguardada bula de aprovação do privilégio da pobreza a Clara na manhã de 11 de agosto de 1253, poucos minutos antes da morte da Santa.
    Oremos: Pela intercessão de Santa Clara, o Senhor todo poderoso me abençoe e proteja; volte para mim seus olhos misericordiosos, me dê a paz e a tranqüilidade, derrame sobre mim as suas copiosas graças e, depois desta vida, me aceite no céu em companhia de Santa Clara e de todos os Santos. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.
 

Frei Galvão

 o primeiro brasileiro nato reconhecido como santo pelo Vaticano.


Frei Galvão nasceu em Guaratinguetá, no interior paulista, em 1739, e pretendia entrar na Companhia de Jesus, mas, devido à perseguição política aos jesuítas, entrou para a Ordem de São Francisco de Assis.


Em texto assinado, o ex-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Geraldo Agnelo, diz que frei Galvão foi ordenado sacerdote em 1762 no Convento de São Francisco, no município de São Paulo.


Anos depois, fundou o Recolhimento de Nossa Senhora da Conceição da Luz da Divina Providência, hoje conhecido como Mosteiro da Luz, também na cidade. Em 1780, ele foi condenado ao exílio por ter protestado contra a morte de um soldado, mas sua sentença foi revogada já em razão de sua popularidade.


No fim da vida, frei Galvão passou a morar nas dependências do convento, por não conseguir mais se locomover. Segundo o arcebispo de São Paulo dom Odilo Scherer, frei Galvão era venerado ainda em vida devido sua dedicação à evangelização, às missões populares e à caridade, sobretudo a pobres, doentes e pessoas aflitas.


Ele mesmo teria ajudado na construção do Mosteiro da Luz, onde, em 1822, 60 anos após sua vinda a São Paulo, foi sepultado.


De acordo com a irmã Célia Cadorin, postuladora da causa de canonização do frei, apenas em 1934, foi iniciada a coleta de assinaturas de devotos de frei Galvão, visando sua beatificação. E, 73 anos depois, o papa Bento XVI veio ao Brasil completar seu processo de canonização.


De acordo com padre Michelino, da divulgação da visita papal, a causa da postulação de santidade para frei Galvão, conduzida por irmã Célia, do Mosteiro da Luz, foi fortemente apoiada e amparada por dom Cláudio Hummes, cardeal-arcebispo de São Paulo.


Irmã Célia é uma das freiras que trabalham diariamente na fabricação artesanal de minicápsulas contendo fragmentos de oração que, segundo a tradição, foi escrita por frei Galvão e pode curar pessoas enfermas que as ingerem. A prática teria sido iniciada pelo próprio frei. Após o anúncio do santificação, a procura pela cápsulas aumentou. Em entrevista à Agência Brasil, irmã Cláudia, que trabalha na produção diária das cápsulas, confirmou a procura.


A gente atendia aqui uma centena, uma centena e tanto de pessoas, agora é muito mais de 10 mil, disse irmã Cláudia.

São Jose

 


Pai de Jesus, Esposo de Maria
“Jacó gerou José, o esposo de Maria, da qual nasceu Jesus, chamado o Cristo”.
Mt. 1, 16


A Sagrada Escritura nos ensina que “José era um homem justo…”. Um homem simples e trabalhador, que vivia na humildade de Nazaré. Como Deus não faz acepção de pessoas, Ele inclui esse singelo homem no seu plano de salvação. Com isso percebemos que ninguém está excluído dos mistérios divinos. Também nós, residentes em Orlândia e, paroquianos de São José, fazemos parte desse plano de amor e redenção. Deus conta com o nosso testemunho de amor e fidelidade a Ele. Devemos como, o bom José, saber escutar a voz de Deus e nos colocar a disposição de sua vontade. Peçamos ao nosso patrono que sempre interceda por nós e por todos os nossos.


O Pai confiou a São José uma grande e importante missão, por isso, também o cumulou de virtudes e santidade.


“José era justo”. Os santos doutores da Igreja dizem que essa afirmação atesta que José possuía todas as virtudes num grau elevado de perfeição. Isso porque ele deixava Deus agir em sua vida.


Sâo José é ainda chamado de “Santíssimo”, o que não acontece com nenhum outro santo.


Ele era da família de Davi, a qual devia dar ao mundo o Salvador. Da estirpe de Davi devia nascer o Messias prometido. “Que honra e que dignidade! Nele verificou-se o sonho de José do Egito. O sol de justiça, a lua mística o veneram, as estrelas da pátria celeste se curvam diante dele. A Igreja lhe atribui um culto especial. Seu nome enche de alegria o Céu e faz tremer o inferno. Os Anjos honram-no e cumprem suas ordens”.


Venerar São José e tê-lo como nosso Padroeiro é uma grande graça e presente do céu, pois esta é uma excelente devoção. José é assim honrado porque sempre esteve ao lado e junto de Jesus e Maria. É uma sólida devoção, por isso a Igreja e os Papas sempre a recomendaram e os Santos Doutores propagam e aconselham essa prática. Quem é guiado por São José não se desvia, avança sem cair, sem recuar, a passos gigantes em direção a Deus.


Santa Tereza de Jesus, santa carmelita, diz: “Tomei a São José por meu advogado e protetor e não me lembro de lhe ter pedido algo que não me atendesse. É de pasmar a enormidade de graças que Deus me tem concedido por sua intercessão e o número de perigos da alma e do corpo de que tem me livrado”.


Quisera persuadir o Mundo inteiro a ser devoto deste glorioso Santo pela grande experiência que tenho dos bens que ele concede. Contento-me, porém, em pedir, pelo amor de Deus, que o experimente quem nele não crê e verá, por si mesmo, que imenso bem é o recomendar-se o cristão ao glorioso Patriarca e ser se devoto”.


São José é invocado como Padroeiro da Igreja Universal, Advogado dos lares cristãos, modelo dos operários, Protetor dos agonizantes, entres outros.


Oração a São José


Ó glorioso São José, a quem foi dado o poder de tornar possíveis as coisas humanamente impossíveis, vinde em nosso auxílio nas dificuldades em que nos achamos. Tomai sob a vossa proteção a causa que vos confiamos, para que tenha uma solução favorável.


Ó Pai muito amado, em vós depositamos toda nossa confiança. Que ninguém possa jamais dizer que vos invocamos em vão. Já que tudo podeis junto a Jesus e Maria, mostrai-nos que vossa bondade é igual ao vosso poder.


São José, a quem Deus confiou o cuidado da mais santa família que jamais houve, sede o pai e protetor da nossa e impetrai-nos a graça de vivermos e morrermos no amor de Jesus e Maria.


São José do perpétuo socorro, rogai por nós que recorremos a vós.


amém


Oração a São José


para pedir a Graça da Boa Morte


São José, que morrestes nos braços de Jesus e Maria, meu amável protetor, socorrei-me em todas as necessidades e perigos da vida, mas principalmente na hora suprema, vindo suavizar minhas dores, enxugar minhas lágrimas, fechar suavemente meus olhos, enquanto pronunciar os dulcíssimos nomes: Jesus, Maria, José, salvai a minha alma.


amém



Oração a São José de São Clemente São José, ó meu terno pai, ponho-me para sempre sob a vossa proteção; considerai-me como vosso filho e preservai-me de todo o pecado. Lanço-me nos vossos braços para que me acompanheis no caminho da virtude, e me assistais na hora da minha morte.


Jesus, Maria, José, eu vos dou meu coração e minha alma. Jesus Maria, José, assisti-me na última agonia. Jesus, Maria, José, expire em paz entre vós minha alma. Amém



Ladainha de São José


Senhor, tende piedade de nós. Jesus Cristo, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós.


Jesus Cristo, atendei-nos.


Deus Pai celestial, tende piedade de nós. Deus Filho, Redentor do mundo. Deus Espírito Santo.


Santíssima Trindade que sois um só Deus.


Santa Maria, rogai por nós. São José. Ínclito descendente de Davi.


Luz dos patriarcas, Esposo da Mãe de Deus, Casto guarda da Virgem, Sustentador do Filho de Deus, Chefe da Sagrada Família, José Justíssimo, José castíssimo, José prudentíssimo, José fortíssimo, José obedientíssimo, José Fidelíssimo, Espelho de paciência, Amante da pobreza, Modelo dos operários, Honra da vida doméstica, Guarda das virgens, Amparo das famílias, Consolo dos míseros, Esperança dos enfermos, Padroeiro dos moribundos, Terror dos demônios, Protetor da Santa Igreja.


Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos, Senhor. Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós. Constituiu-o senhor de sua casa. E príncipe de todas suas possessões.


– O Deus, que por uma inefável providência vos dignastes escolher o bem-aventurado São José para esposo de vossa Mãe Santíssima, concedei-nos que aquele mesmo que na terra veneramos como protetor, mereçamos, tê-lo no céu por intercessor. Vós que viveis e reinais por todos os séculos.


Amém


Terço de São José


PAI NOSSO


Meu glorioso São José, nas vossas maiores aflições e atribulações, o anjo não vos valeu?


Valei-me, São José.



AVE MARIA


São José, valei-me.



OFERECIMENTO


A vós glorioso São José, ofereço este terço em louvor e gloria de Jesus, Maria e José, para que seja minha luz, minha guarda, minha guia; proteção, defesa, amparo, fortaleza, alegria em todos os meus trabalhos, tribulações e agonia.


Pelo nome de Jesus, pela glória de Maria, imploro o vosso poderoso patrocínio, para que me alcanceis a graça que desejo.


Falai em meu favor, advogai em minha causa, no céu, na terra, alegrai a minha alma para honra e glória vossa. Jesus, Maria, José.


Assim seja.


Amém


Oração a São José


A vós São José, recorremos na nossa tribulação, e depois de ter implorado o auxílio da vossa Santíssima Esposa, cheios de confiança, solicitamos o vosso patrocínio.


Por esse laço sagrado de caridade que vos uniu à Virgem Imaculada Mãe de Deus, e pelo amor paternal que tivestes para com o Menino-Jesus, ardentemente suplicamos que lanceis um olhar benigno à herança que Jesus Cristo conquistou como o seu sangue, e nos assistais, nas nossas necessidades, com o vosso auxílio e poder.


Protegei, ó guarda providente da Divina Família, a raça escolhida de Jesus Cristo; afastai para longe de nós, ó Pai amantíssimo, a peste do erro e do vício; assisti-nos do alto do céu, ó


nosso fortíssimo sustentáculo, na luta contra o poder das trevas; e, assim com outrora salvastes da morte a vida ameaçada do Menino-Jesus assim também defendei agora a Santa Igreja de Deus contra as ciladas dos seus inimigos e contra toda a adversidade.


Amparai a cada um de nós, com vosso constante patrocínio, a fim de que o vosso exemplo e sustentados com o vosso auxílio, possamos viver virtuosamente, piedosamente morrer, e obter no Céu a eterna bem-aventurança.


Amém


Sete domingos em Honra de São José


Deus e Senhor meu, em quem eu creio, espero e a quem amo sobre todas as coisas, tende piedade de mim e escutai meus rogos.


E vós, bondoso São José, intercedei por mim e obrende a graça que desejo alcançar.


1- Glorioso São José, grande foi a vossa amargura e angústia na perplexidade de abandonardes a Virgem ilibada. Mas indescritível foi vossa alegria, quando o Anjo vos revelou o soberano mistério da Encarnação. Pai Nosso, Ave Maria, Glória.


2- Felicíssimo São José, que fostes escolhido para ser o Pai adotivo do Verbo Humanado, a dor que sentistes ao ver nascer em tanta pobreza o Deus Menino, se vos mudou em júbilo celeste ao ouvirdes os louvores angélicos, contemplando a glória daquela noite brilhantíssima. Pai Nosso, Ave Maria, Glória.


3- Obedientíssimo São José, o sangue precioso que o Divino Infante derramou na circuncisão, causou-vos profunda tristeza. Mas o nome de Jesus vos reanimou e encheu de inefável alegria. Pai Nosso, Ave Maria, Glória.


4- Glorioso São José, a profecia de Simeão sobre os sofrimentos que atingiriam a Jesus e Maria, vos causou intensa amargura. A salvação e ressurreição que segundo a profecia se sucederiam aos sofrimentos, encheram-vos porém, de sumo gozo. Pai Nosso, Ave Maria, Glória.


5- Glorioso São José, quanto sofrestes para alimentar e servir o Filho do Altíssimo, especialmente na fuga para o Egito. Grande porém, foi vossa alegria, por terdes sempre convosco o próprio Deus, e verdes cair por terra os ídolos egípcios. Pai Nosso, Ave Maria, Glória.


6- Glorioso São José, que cheio de pasmo vistes o Rei do Céu submisso às vossas ordens. Se a vossa consolação, ao reconduzi-lo do Egito, foi turbada pelo temor de Arquelau, contudo, sossegado pelo Anjo, permanecestes alegre em Nazaré com Jesus e Maria. Pai Nosso, Ave Maria, Glória.


7- Glorioso São José, sem culpa vossa, perdestes o Menino Jesus. Com grande angústia, o procurastes durante três dias, até que, com sumo júbilo, o reencontrastes no templo entre os doutores. Pai Nosso, Ave Maria, Glória.


Deus, que por vossa inefável Providência vos dignastes escolher o bem-aventurado São José para Esposo de Vossa Mãe Santíssima, concedei-nos que aquele mesmo que na terra veneramos como protetor, mereçamos tê-lo no céu por nosso intercessor. Vós que viveis e reinais por todos os séculos.


Amém


Devoção manifestada por São José, confirmada e indulgenciada pelos Papas, principalmente por PIO IX, indicada para os casos difíceis e importantes da vida.


Perdido no templo, és tu que o encontras, chorando e sorrindo.
Convívio divino a outros, somente após dura morte é dado gozar. Mas tu, já em vida, abraças a Deus, e o tens no teu lar!


Ó dai-nos, Trindade, o que hoje pedimos:


Um dia no céu, cantarmos também Oração ao Glorioso Patriarca São José


Lembrai-vos, ó puríssimo esposo da Virgem Maria, ó meu protetor, São José, que nunca se ouviu dizer ficasse sem consolo quem invoca vossa proteção e solicita vosso apoio. Cheio de confiança apresento-me diante de vós e animado de fervor me recomendo a vós. Ah! Não desprezeis minha súplica, Pai nutrício do Redentor, mas dignai-vos acolhê-la piedosamente.


Amém


Oração a São José para os momentos de dificuldades e incertezas


Senhor meu Deus, não sei para onde vou indo. Não distingo o caminho em frente. Nem posso saber ao certo onde ele findará. Na verdade não me conheço, e o fato de pensar que estou seguindo tua vontade, não quer dizer que eu esteja sendo fiel a ela. Mas creio que o desejo de agradar, agrada-te realmente. E espero manter esse desejo em tudo quanto fizer. Espero jamais fazer qualquer coisa alheia a esse desejo. Sei que se agir assim, tu me conduzirás no rumo certo, embora eu nada possa saber sobre ele. Por isso sempre confiarei em ti, ainda que me sinta desorientado ou à beira da morte. Nada recearei, pois tu estás sempre comigo, e nunca me deixarás enfrentar sozinho o perigo.


Amém


Oração para pedir a Fé a São José


São José, tu foste a árvore abençoada por Deus, não para dar frutos, mas para dar sombra; sombra protetora de Maria, tua esposa; sombra de Jesus, que te chamou de pai e ao qual tu te entregaste totalmente; tua vida, feita de trabalho e de silêncio, me ensina a ser eficaz em todas as situações; me ensina, acima de tudo, a esperar na obscuridade firme na fé; sete dores e sete alegrias resumem tua existência: foram as alegrias de Cristo e de Maria, expressão de tua dedicação sem limites. Que teu exemplo me acompanhe em todos os momentos: florescer onde a vontade do Pai me colocou; saber esperar, entregar-me sem reservas até que a tristeza e a alegria dos outros sejam minha própria tristeza e minha própria alegria.


Amém


Oração Vocacional


Senhor da messe e pastor do rebanho, faze ressoar em nossos ouvidos teu forte e suave convite: “Vem e segue-me”! Derrama sobre nós o teu Espírito, que ele nos dê sabedoria para ver o caminho e generosidade para seguir tua voz. Senhor, que a messe não se perca por falta de operários. Desperta nossas comunidades para a missão. Ensina nossa vida a ser serviço. Fortalece os que querem dedicar-se ao Reino, na vida consagrada e religiosa. Senhor, que o rebanho não pereça por falta de pastores. Sustenta a fidelidade de nossos bispos, padres e ministros. Dá perseverança a nossos seminaristas. Desperta o coração de nossos jovens para o ministério pastoral em tua Igreja. Senhor da messe e pastor do rebanho, chama-nos para o serviço de teu povo. Maria, Mãe da Igreja, modelo dos servidores do Evangelho, ajuda-nos a responder “sim”.


Amém


Oração a São José para pedir a coerência de vida


Jesus, Filho eterno do Pai, palavra de Deus feito carne no ventre de Maria, Senhor e rei pacífico ungido pelo Espírito Santo, com tua mensagem aprendemos a verdade sobre o homem. Por isso pedimos que nos dês forças para sermos coerentes com o Evangelho no qual pusemos nossa fé. Que não meçamos sacrifícios para assegurar a todos a condição de autênticos filhos de teu Pai e teus irmãos. Faze com que assim a evangelização seja verdadeiramente libertadora e alcance sua plena realização na comunhão de todos contigo, Jesus Cristo. Segundo a vontade do Pai universal dos homens, no amor do Espírito que ambos nos presenteiam a cada dia sem reservas.


Amém


Oração a São José pelos menores abandonados


Pai querido, obrigado porque nos colocais a serviço da vida! Tornai-nos sensíveis à dramática situação de milhões de menores empobrecidos e marginalizados no meio de tanta riqueza deste imenso Brasil!


Com eles, Jesus, vosso Filho e nosso Irmão Libertador, se identifica ao dizer com amor: “Quem acolhe o menor, a mim acolhe”.


Convertei-nos, Pai querido, pela força do Espírito Santo que nesses menores clama por justiça. Fazei que acolhendo-os com carinho tenhamos coragem de arrancar pela raiz o pecado e de construir a tão sonhada sociedade justa e fraterna.


Permiti, Senhor, que em nossas casas e praças as crianças sorrindo brinquem na paz!


Amém


Oração a São José pelos pais


A vós, São José, recorremos na nossa tribulação, cheios de confiança solicitamos a vossa proteção no dia de hoje para todos os pais de família.


Vós fostes o pai adotivo de Jesus, soubestes amá-lo, respeitá-lo e educá-lo com amor e dedicação, como vosso próprio filho. Olhai todos os pais do mundo e especialmente de nossa comunidade, para que com amor e dedicação eduquem seus filhos na fé cristã e para a vida.


Protegei todos os pais doentes que sofrem por não poderem dar saúde, educação e casa decente para seus filhos. Protegei todos os pais que trabalham arduamente no dia-a-dia para não faltar nada a seus filhos. Protegei todos os pais que se dedicam de corpo e alma à sua família. Iluminai todos os pais que não querem assumir sua paternidade. Iluminai todos os pais que desprezam seus filhos e esposas. Enfim, olhai por todos os pais para que assumam e vivam com alegria sua vocação paterna.


Amém


Oração dos pais pelas vocações


Senhor, Jesus Cristo, chama para tua Igreja muitos e santos sacerdotes, religiosos e religiosas, missionários e missionárias. Se for do teu agrado chama também desta nossa família algum filho ou alguma filha para que se consagre inteiramente a ti, no serviço de tua Igreja. Dá-nos, assim, o privilégio e a alegria de poder colaborar contigo na salvação do mundo inteiro.


Amém


Oração do Ato de entrega a São José


Não há dúvida de que queres alguma coisa de mim, Senhor Jesus. Todas essas portas abertas de um só golpe. A vida inteira diante de mim: não é um sonho. Queres alguma coisa de mim, Senhor. Aqui estou, como São José, que não duvidou de sua ação e colocou-se totalmente à disposição para colaborar na realização do plano da salvação.


Amém


Oração a São José pelos migrantes


Os homens de nossas cidades vivem solitários, com fome e sede de Deus. Os migrantes chegam de todos os recantos do Brasil: os bairros se multiplicam em nossas cidades. Faltam igrejas e sacerdotes. Senhor Jesus, que chamaste os homens simples dos lagos e campos da Palestina para fazê-los apóstolos de teu Reino, chama também os jovens corajosos das escolas, do campo e das fábricas de nossa cidade para consagrá-los profetas e missionários de tua igreja salvadora.


Dá a todos a tua sabedoria divina, suscitando a fé e quebrando as correntes do medo e das resistências. Dize a todos os jovens que vale a pena ser sacerdote de Cristo e lutar pelo seu Reino de fraternidade, justiça, esperança e paz. Suscita em tua Igreja jovens para se consagrarem ao serviço de teu Reino na Vida Religiosa, suscita leigos para a ação pastoral em nossas comunidades e dispõe o coração de todos os cristãos ao Evangelho.


Amém


Oração a São José pela Igreja


A ti, São José, recorremos em nossa tribulação e cheios de confiança. Solicitamos o teu patrocínio. Por esse laço sagrado de caridade que te uniu à Virgem Imaculada, Mãe de Deus, e pelo amor paternal que tiveste ao menino Jesus, ardentemente suplicamos, que lançes um olhar benigno sobre a herança que Jesus Cristo conquistou com o seu sangue e nos socorras em nossas necessidades com o teu auxílio e poder.


Protege, ó guarda providente da sagrada família, o povo eleito de Jesus Cristo. Afasta para longe de nós, ó Pai amantíssimo, a peste do erro e do vício. Assistenos do alto do céu, ó nosso fortíssimo sustentáculo na luta contra o poder das trevas, e assim como outrora salvastes da morte a vida ameaçada do menino Jesus, assim também defende agora a santa Igreja de Deus das ciladas de seus inimigos e de toda adversidade.


Ampara a cada um de nós com o teu constante patrocínio, a fim de que, com o teu exemplo e sustentados com o teu auxílio, possamos piedosamente, e obter no céu a eterna bem-aventurança.


Amém


Oração a São José pelas famílias


Senhor Jesus Cristo, vivendo em família com Maria, tua Mãe, e com São José, teu pai adotivo, santificaste a família humana. Vive também conosco, em nosso lar, e assim formaremos uma pequena Igreja, pela vida de fé e oração, amor ao Pai e aos irmãos, união no trabalho, respeito pela santidade do matrimônio e esperança viva na vida eterna. Tua vida divina, alimentada nos sacramentos, especialmente na Eucaristia e na tua palavra, nos anime a fazer o bem a todos, de modo particular aos pobres e necessitados. Em profunda comunhão de vida nos amemos na verdade, perdoando-nos quando necessário, por um amor generoso, sincero e constante. Afasta de nossos lares, Senhor Jesus, o pecado da infidelidade, do amor livre, do divórcio, do aborto, do egoísmo, da desunião e toda influência do mal e do demônio. Desperta em nossas famílias vocações para o serviço e ministério dos irmãos, em especial, vocações sacerdotais e religiosas. Que nossos jovens, conscientes e responsáveis, se preparem dignamente para o santo matrimônio. Senhor Jesus Cristo, dá, enfim, às nossas famílias, coragem nas lutas, conformidade nos sofrimentos, alegria na caminhada para a casa do Pai.


Amém


Oração a São José pelas famílias


Ó Deus, do qual provém toda paternidade, nos céus como na terra, tu, Pai, que és amor e vida, pelo teu Filho Jesus Cristo, “nascido de uma mulher”, faze que na terra inteira cada família humana se torne verdadeiro santuário de vida e amor, para as gerações que incessantemente se renovam. Faze que a tua graça oriente sempre os pensamentos e as ações dos esposos para o maior bem das suas famílias, de todas as famílias do mundo. Faze que as novas gerações encontrem na família um apoio sólido, e as faça crescer na verdade e no amor. Faze que o amor, consolidado pela graça do sacramento do matrimônio, seja sempre mais forte do que todas as fraquezas, mais forte do que todas as fraquezas, mais forte do que todas as crises, que, por vezes, se verificam nas nossas famílias. Faze enfim nós te pedimos por intercessão da Sagrada Família de Nazaré que em todas as nações da terra a Igreja possa realizar com fruto a sua missão, na família e pela família. Tu, ó Pai, que és a vida, a verdade e o amor, na unidade do Filho e do Espírito Santo.


 


Amém


Ave, ó São José


Ave, ó São José, homem justo, esposo Virginal de Maria, e pai davídico do Messias;


bendito és tu entre os homens, e bendito é o filho de Deus que a ti foi confiado:


Jesus.



São José,


Padroeiro da Igreja universal, guarda as nossas famílias na paz e na graça divina,e socorre-nos na hora da nossa morte.


Amém


Oração a São José


pela Santa Igreja


A vós, São José, recorremos em nossa tribulação e depois de ter implorado o auxílio de vossa santíssima esposa, cheios de confiança solicitamos, também, o vosso patricínio.


Por esse laço sagrado de caridade que vos uniu à Virgem Imaculada, Mãe de Deus, e pelo amor paternal que tivestes ao menino Jesus, ardentemente suplicamos que lanceis um olhar benigno sobre a herança que Jesus Cristo conquistou com o seu sangue e nos socorrais em nossas necessidades com o vosso auxílio e poder.


Protegei, ó guarda providente da divina família, o povo eleito de Jesus Cristo. Afastai para longe de nós, ó Pai amantíssimo, a peste do erro e do vício. Assisti-nos do alto do céu, ó nosso fortíssimo sustentáculo na luta contra o poder das trevas, e, assim como outrora salvaste da morte a vida ameaçada do Menino Jesus, assim também defendei a santa Igreja de Deus das ciladas de seus inimigos e de toda a adversidade. Amparai a cada um de nós com o vosso constante patrocínio, a fim de que, com o vosso exemplo e sustentados com o vosso auxílio, possamos viver virtuosamente, morrer piedosamente e obter no céu a eterna bem-aventurança.


 


Amém


 


Oração a São José


pelos Trabalhadores


Ó Pai, nós vos louvamos porque vos revelastes como trabalhador, criando, conservando a criação, e chamando-nos para aperfeiçoá-la.
Vosso Filho e nosso irmão Jesus também trabalhou com suas mãos, sentiu a resistência da matéria, o cansaço do corpo e o suor do rosto.
Nós vos agradecemos pelo trabalho que podemos fazer no campo e na cidade. Por ele ganhamos o pão para nós e para nossas famílias.
Olhai, ó Pai, para todos que querem trabalhar e não podem.
Olhai para os desempregados, os doentes, os idosos e os marginalizados.
Nós vos pedimos por todos aqueles que criam possibilidades de trabalho.
Não os deixeis cair na tentação do lucro injusto e da exploração.
Reforçai a solidariedade entre os trabalhadores e fazei que sejamos solidários com eles. Que nossos instrumentos de luta pela dignidade do trabalho ajudem a construir o bem de todos. Dai-nos compreender que nossos irmãos trabalhadores mais sofridos formam o corpo crucificado do Senhor Jesus, que grita e quer ressuscitar na fraternidade e na liberdade.Nunca nos deixeis esquecer que, pelo trabalho, ajudamos a construção do vosso Reino, que já começa aqui na terra e se completará com a vinda gloriosa do Senhor.


Tudo isso vos pedimos ó Pai, que trabalhais desde toda a eternidade, por vosso Filho e nosso Irmão Trabalhador, na força do Espírito Santo.